Pryscilink
Arquivos

 

 

 

30.1.14

 

Profissão de risco


 
Hoje é o Dia do Quadrinho Nacional. Parabéns os desenhistas, roteiristas, fãs, editoras e veículos de comunicação pelas muitas conquistas nesses 145 anos de histórias em quadrinhos nesse país.
Mas apesar dos confetes, vou ser realista ao me
nos sobre o que acontece na minha esfera de atuação no desenho. Os fatos dos últimos tempos apontam para um futuro amedrontador para os que trabalham com quadrinhos de humor.
A mordaça transparente do politicamente correto tem deixado marcas profundas no trabalho dos cartunistas que relatam a história através dos quadrinhos. Presenciei casos de colegas acusados injustamente, que tiveram seus trabalhos queimados em fogueiras cibernéticas dignas da idade das trevas morais pelas quais passamos. Esse ciclo pernicioso culminou com um árbitro de futebol processando o chargista Duke. Coincidência sórdida, é que o tal árbitro que moveu o processo é assessor jurídico onde o caso foi julgado (
http://brazilcartoon.com/noticias/internacionais/696/). Ditadura pouca é bobagem!
Se o recurso contra a decisão absurda não for aceito, Duke terá que pagar R$ 15.000,00 ao tal árbitro. Na ponta do lápis, pela tabela da SIB praticada pela metade (é o que te oferecem no mercado editorial... ou nada se roubam teu trabalho), essa condenação significa mais de um ano e meio de charges semanais.
Por essas e por outras, nesse lindo Dia do Quadrinho Nacional, penso em vender o cabelo, um rim ou a alma que ainda me restam, porque vender desenho assinado está difícil.
Mas por ora ainda continuo correndo o risco.

Comments:
Olá!

Tanta gente fazendo o que não deve por aí, e a "justiça" parece se preocupar apenas com quem trabalha para ganhar dinheiro.

A todos aqueles que trabalham, um feliz ano novo!

Para a nossa "justiça" - -.

Obrigado por ainda correr este risco! :)

Abraço!
 
Postar um comentário

Links desta introdução:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?