Pryscilink
Arquivos

 

 

 

27.4.07

 
Na maioria das espécies do reino animal, são os machos que se empenham em chamar a atenção das fêmeas com um visual exuberante. Basta observar o pavão, o leão e o trypanossoma cruzi. Eles que têm atrativos físicos para estimular o prazer visual de suas fêmeas e empenham-se em conquistá-las exibindo tais dotes. Porque cargas d´água a humanidade é diferente do mundo animal? As mulheres é que mantém um visual atrativo para os homens enquanto eles ligam picas para chamar atenção delas com atributos físicos. Para explicar o fenômeno, a UCTOP (Universidade Universal de Ciência e Tecnologia de Ouvidor Pardinho) desenvolveu a seguinte tese: Os homens tiveram de se convencer que são socialmente dispensáveis devido ao apoderamento da mulher sobre todas as áreas doravante de domínio masculino e sentiram-se inúteis diante da perda do papel de provedor. Logo, desistiram de perpetuar o próprio fracasso. Como forma de defesa em prol da desistência, foram se desprovendo de beleza estética exatamente para que nenhuma fêmea os desejasse. Deste modo não reproduziriam sua inutilidade em progressão aritmética nas gerações vindouras. Só que a "evolução" não desconectou a mulher de sua complacência e de sua crença de construir um mundo melhor a partir da educação primorosa que acredita que pode fornecer a sua prole. Para tal proeza, querem conquistar um macho a todo custo. E isto significa usar muito silicone, batom e chapinha.

Tivemos padrões de beleza femininos bem definidos em todos os períodos da história e de um quase impronunciado padrão de beleza masculino. As mulheres não são lá muito exigentes tanto quanto o homem é no que diz respeito ao visual do amante. Tanto é que são abundantes as publicações de “fêmeas ideais” desnudas onde apresentam o que é perfeito para o homem dizendo “você tem que ter uma mulher assim (gostosa)” e o que é perfeito para a mulher dizendo “tente ser assim para ser aceita”. Resumindo: poucas mulheres tornam-se atraentes comparadas ao padrão quase inatingível de beleza enquanto quase todos os homens podem ser considerados atraentes de alguma maneira sejam eles banguelas, acéfalos, peludos ou sarnentos.
Outra evidência do quanto é cruel a cobrança para com as mulheres é o fato da existência de inúmeras nomenclaturas para designar a feiúra feminina. Basta estar alguns miligramas acima ou ter celulite na retina para ser taxada de baranga, cangu, bagulho, metralha, diaba, bruxa, pudim metralhado, tribufu, etc. Agora pense no masculino de tais designações... Simplesmente não existe o “barango” ou o “tribufu macho”. É isso: homens feios sequer existem no dicionário.

Um homem considerado fora de um padrão de beleza tem maior facilidade de encontrar uma parceira do que uma mulher fora de tal padrão. E isso não tem nada a ver com o quanto ele carrega na carteira no momento. Ele encontra parceiras mais facilmente pois além da mulher estar disposta a perpetuar a espécie ainda é dotada de muita compaixão e criatividade. Pensem num homem fora do padrão de beleza: Desdentado, pançudo, maneta, acnéico, com olho de vidro e corcunda. Diante deste "ser" a compaixão feminina é ativada, pois ele emana necessidade de cuidados que vai de encontro ao instinto maternal. Já a criatividade da mulher é fundamental em casos do gênero para imaginar como aquele "ser" ficaria comestível de banho tomado, dentes escovados, alguns membros transplantados e lipoaspirado.

O homem é objetivo e seletivo na escolha de suas parceiras, embora use tanto quanto a mulher sua criatividade. Quando está diante de uma fêmea com características do "ser" descrito acima (desdentada, pançuda, maneta, acnéica, com olho de vidro e corcunda) o homem pensa objetivamente "baranga - mim não come" e elimina de uma vez por todas as possibilidades de relacionamento afetivo. Já sabemos que diante de seu sentimento de fracasso como macho, ele não se dispõe a perpetuar a própria inutilidade. Mas se tiver que o fazer, que seja com uma fêmea muuuuuuuuito atraente, caso não esteja bêbado. Já a criatividade do homem está atrelada a sua poderosa visão de futuro, que os obriga a imaginar aquela mulher depois de 10 anos de casamento: quanto mais próxima de um padrão de beleza vigente a fêmea estiver atualmente, em melhor estado de conservação ela poderá se encontrar daqui uns 20 anos (obs.: pensar em longos relacionamentos não é uma característica básica do sexo masculino). Então, o homem imagina aquela mulher de banho tomado, dentes escovados, membros transplantados e lipoaspirada... Só que daqui a uns 20 anos! Para tal análise não raramente observam suas sogras de biquíni.

Bem, eu não concordo com padrões estéticos mesmo porque estou longe deles, embora me flagre almejando-os, temerosa pela objetividade dos homens. Não gostaria de ler nas entrelinhas dum pé na bunda "baranga – mim não come". Por esta e por outras freqüento academia, salão de beleza e consultórios estéticos de toda ordem. Mas nada me faria tão feliz quanto um simples creminho de Photoshop para passar em movimentos circulares ascendentes no corpo todo para resolver instantaneamente meus problemas com rugas, pneuzinhos, celulite, caspa, seborréia, escabiose e todas as conseqüências da gravidade sobre meu corpo.
Se eu adotei um homem fora de padrão? Bem, confesso que exercito minha compaixão e criatividade com meu parceiro que tem um olho de vidro (com o qual fazemos campeonato de bola de gude), é corcundinha (brinco nela de pista de hot-weels com meus sobrinhos), maneta (mas sou o braço direito dele!), hidrocefálico (damos banho semanalmente nos sete pastores alemães com a água drenada). Também o mando para o dentista, banho e tosa regularmente. Na pancinha não ouso mexer. É intocável a imaculada pancinha apaixonante de um homem fora do padrão.


Comments:
Mocinha, estás se sofisticando! Em breve terás material para ilustrar um livro sobre o tema.
Quanto à complascência feminina, não é à toa que, dizem os espíritas, muito maias mulheres do que homens morrem de consciência limpa e chegam ao orbe superior sem nenhum constrangimento.
Em tempo, os únicos padrões que me interessam são os da ABNT.
 
Pry!
Você é linda cára!!
 
muiiiiiiiiiiiiito boa mesmo!
 
Postar um comentário

Links desta introdução:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?