Pryscilink
Arquivos

 

 

 

2.9.06

 

Olhe a cabeleira do Zezé.

Dia desses conversei com um grande amigo e ele abriu seu coração no meu divã. Aos prantos o moço dizia que estava em dúvida sobre sua sexualidade.
Não vou citar nomes, pois já é extremamente antiético comentar publicamente os problemas sexuais alheios, quem dirá, dando nome aos bois (literalmente). Se eu saísse por aí publicando o nome dos meus confidentes, quem mais daria matéria-prima gratuita para minhas hqs de baixo nível, não é?! Melhor que eu mantenha estes fornicadores... Digo fornecedores no anonimato.

Bem, o problema do moço, que passaremos a chamar de Zezé a partir de agora, é o seguinte:
Durante uma puberdade extremamente convencional, Zezé assistia ao programa do Chacrinha. Ele afirma que não era fã do Chacrinha, mas sim das rebolativas Chacretes boazudas. Uma dessas Chacretes era a preferida de Zezé e embalava os intermitentes movimentos manuais voluntários acerca de seu órgão reprodutor, ou seja, a tal Chacrete preferida motivou milhares das milhões de bronhas que o então garoto se dispunha a efetuar.
Vinte anos se passaram. Zezé teve muitas namoradas, casou, teve filhos, conheceu a Pamela Anderson para saciar manualmente seus impulsos sexuais fora de hora e arquivou a rebolativa Chacrete preferida numa doce e pueril memória longínqua. Eis que no ano de 2006, uma matéria publicada no Le Monde vocifera:

"A Chacrete preferida de Zezé não era menina... Era menino!"

Bomba! Silêncio dos mais profundos abismos existenciais.

Cara de piá cagado estampada na fuça de Zezé.

Sim, prezados leitores. A rebolativa Chacrete preferida de Zezé era uma biba, travesti, trombada, procurava o fim do arco-íris ou qualquer outra metáfora de mau gosto que se encaixe na situação.
Começou aí o drama psicológico de Zezé. Vinte anos depois ele descobre que, analisando matematicamente a situação, manteve um sem número de relações sexuais no campo da projeção astral com um homem (biologicamente falando). E foi aí que ele entrou em parafuso (não maliciem o termo) e então me perguntou:
- Será que sou gay?
Eu disse que não poderia decidir assim o futuro sexual dele. Quem sou eu para dizer o que as pessoas devem fazer com seus orifícios terminais digestivos além do que é obrigatório? Não tenho este poder... Seria uma responsabilidade muito grande. Não sei diagnosticar sequer uma simples sarna, quem dirá uma dúvida psico-sexual de origem tão complexa.
Para responder à dúvida de Zezé, disse-lhe que vivemos numa democracia, e que portanto o coletivo julgaria sua sexualidade. Então, coloquei este blog a serviço de Zezé e aguardo a opinião dos dignos leitores desta merda, para que comentem e opinem sobre o caso.
Ao final da votação, vou somar os veredictos e extrair uma média aritmética. Em seguida vou tomar uma vodka dupla e entregar o resultado final para Zezé em papel timbrado.

Por favor, olhe a cabeleira do Zezé. Que será que ele é?

pryvieira@yahoo.com.br

Comments:
Eu voto gay
 
A história registra inúmeros casos de cavalheiros que foram surpreendidos pelas dotes exageradas de suas amantes. Este foi um desses casos, só que ao invés de demorar o tempo que cai a calcinha, demorou algumas décadas. Eu voto não, mas deveria ter uma foto dele, vai que aparece alguma alma caridosa (de qualquer gênero) disposta a ajudar a tirar a dúvida de maneira mais prática.
 
Vixi!
Pryscicóloga, você é foda!
Eu voto em Heloísa Helena, que não sou trouxa.

Solda ? o monge congelado do
Bacacheri.
 
Você é um tesão, teu trabalho é um tesão!Teu humor é anti-depressivo
 
Eu voto Gay: se tem dúvida, já é! E no mais, menos um macho no mercado diminui a concorrência.
 
Pryscila:

Comecemos eliminando os suspeitos:
seu companheiro, politicamente correto falando, é um indivíduo em cuja cabeça (couro cabeludo), ou parte dela, não há cabelos, seja por corte, raspagem etc.,está fora; Paixão, era cabeludo, mas ele
é macho com x, porque quem escreve macho com ch já é viado; eu, cabelo curtíssimo, que eu saiba, não tive o fiofó visitado por ninguém, até prova em contrário; Benett é de Ponta Grossa, o que já o tira do páreo; Matias morou na Argentina, mas que mal há em morar
por aquelas bandas?; Raphah tem uma vasta cabeleira, mas é um rapaz
por quem qualquer um bota a mão no fogo, não?; seu irmão, não conheço, mas duvido; Rettamozo é gaúcho de Santa Maria e não dá a ré no quibe, Denise Roman que o diga; a vítima freqüenta o Café do Teatro? Lá é impossível separar o joio da jóia; Onedeide é psicólogo e bate o pau na mesa, se eu disser alguma coisa a respeito dele a Tirza me parte os miolos; as Rachas? bem, elas são as Rachas, não têm nada a ver; os amigos seus é só fazer o teste da farinha ou verificar a maneira como eles seguram o cigarro; os outros cartunistas curitibanos amigos seus mijam em pé ou sentados?;ele é crítico literário? É metrosexual?
Centímetrosexual? Quilômetrosexual?
o sujeito chorou quando viu Joselito, Pão e Vinho? Usa piercing no sfíncter anal? Aí é foda! Espero o resultado da pesquisa.

Professor Thimpor.
 
O caso é o seguinte: Temos que avaliar as condições da época em que o(a) Zezé aplicava as técnicas manuais de auto-satisfação, embalado pela dança com alto teor erótico da tal Chacrete.
1) O assunto "HOMOSSEXUAL" ou "TRAVESTI" não era tão difundido como hoje, o que pode ter auxiliado na má avaliação do(a) intrépido(a) e solitário(a) amante Zezé.
2) Zezé estava naquela idade em que o nível de Testosterona no sangue tem um nível tão alto que escorre pelo nariz. Portanto se era uma Chacrete ou um Chacreto ou uma perna de mesa, calça branca no varal, calçolas estiradas no banheiro, galinha, cabra, macaco-prego ... enfim, ele(a) não perdoaria.
Em resumo, baseado nesses fatos, o meu veredito é.....
(minuto, vou atender o telefone...)
 
ô menina,

Vai devassar a vida do bom rapaz aqui na rede?
ô menina...
a resposta da pesquisa foi ele mesmo quem deu...
"Será que sou gay?"
alguem tem dúvida?
ficou na dúvida baby, já era..
e se não era , virá a ser.
Deixa o zezé dar uma "virada de 180 graus" na vida moça.
a bem da verdade, só há uma verdade nisso tudo......
.
.
.
.
.
.
.
.
qualquer chacrete era mais homenageável que a Pamela Anderson.
ou não?
isso dá outra enquete?

big
 
Pri:

Manda o machão para uma psicóloga, mas tem que ser lacaniana.
Lacaniana! Ele pode ser objeto de
estudos para mestrados e doutorados.
 
Tenho que pensar!
 
Um homem-heterosexual-macho-xy que se preza, não tem dúvidas... Se não tem certeza ... É gay !!
 
Rapaziada! Fazendo um levantamento Pra auxiliar a Pry nessa enquete: Vejam os números:

No início da pesquisa Zezé se encontrava com:
1 voto a favor da SIM gayzisse,
1 voto na Heloísa Helena (a moça das blusinhas brancas)
1 voto para VOCÊ É UM TESÃO (hors concours) e
1 voto a favor da NÂO gayzisse de Zezé.

Na apuração seguinte os números foram:
3 votos SIM É GAY,
4 votos SEI LÁ PROBLEMA DO LOLÓ ALHEIO e
1 voto NÃO, NÃO É GAY.

Porém os últimos números demonstram:
4 votos para SIM ELE É PADEIRO NOVO
6 votos para DEIXA O CARA SE DIVERTIR COMO QUISER
1 voto para NÃO ZEZÉ TÁ FORA DESSA VIDA DESPUDORADA

A margem de erro está para 2% a mais ou a menos, e desconsiderando os votos EM CIMA DO MURO, por enquanto, o cara É GAY sim...
 
Não confio em resultado de pesquisas, elas podem ser adulteradas ou encomendadas apenas para sacaner.

Zezé precisa é passar pela prova prática. Se el já deu o cu, então já era: É gay, e passiva. Se ele está na dúvida e pensar em dar, ele é gay enrustido, mas é. E se ele apenas comeu um cu ou está pensando nesta possibilidade, daí os rapazes machos que vão responder se é ou não bicha o rapaz que apenas coloca lá seu quibe na ré alheia...
 
GAY, inadivertidamente GAY.
 
Pelas barbas do profeta!!!
Pryscila, esse rapaz deve estar com os miolos fervendo!
Eu poderia até dizer que ele teve fantasias com a mulher que pensava existir e não com o homem que realmente existia, o que descaracterizaria a dubialidade de sua heterossexualidade, mas tendo em vista a reação exarcebada... Está mais propenso a ser mesmo.
 
Não é nem por ter batido punheta pensando num traveco! è por esse faniquito todo! È biba com certeza...
 
tô vendo que o zezé tá mais prá lá do que prá cá...
 
Voltou com a corda toda eim? Que matéria merd. essa! Mas vamos lá.

É tudo muito simples, se ele fantasiou acahndo que era mulher, se ele passou esse tempo todo acreditando que "ela" era mulher, ele não tem culpa, afinal, se tiver algum culpado nessa história esse tal deve ser o chacrinha e sua equipe que estava bem próximo da realiadade dos fatos e não percebeu nada, ou que divulgaram gato por lebre por que quiseram. Considerando o que foi exposto no texto o cara não é gay, é apenas mais um pobre coitado iludido.
E digo mais um porque vocês ainda vão ter muitas surpresas, cala-te boca...
Fora a renca de catores pseudo-machões que iludem a mulherada Brasil e mundo afora, fora as mulheres de plástico que iludem muitos, e muitas, por aí. Se bem que o pessoal já está até se conformando, e como dizem por aí, silicone tá virando status, quem não põem é porque não pode, e por isso não é gente.

Bem, mas voltando ao assunto, se ele foi enganado esse tempo todo, sem ter contribuído pra isso então ele não é gay, agora, se existem outros sintomas não descritos, sejam quais forem os motivos, então não tem jeito, não será desculpa culpar a ignorância, melhor tentar culpar o seu subcosnciente.

Voto, baseado nos fatos apresentados, pelo veredicto de quel ele não é gay, mas apenas mais enganado nesse mundo traiçoeiro.

Não sacaneiem o coitado naum, que nunca bateu uma enganado que atire a primeira pedra.
Vai jogar pedra? Cuidado com as surpresas...
 
Olá gatinha,

Mando-lhe o end do meu blog que bate pesado na oligarquia Sarney aqui no MA. Se possível, divulgue aí para a galera do Sul, que quer mais é ver um Brasil justo e livres desses sanguessugas, mensalões e penicos da nossa política. Um ab.
zecuxa@blogspot.com
 
Grallo, meu caro, de minha parte não houve sacanagem, só análise de reações, fiques frio bicho.
A propósito, alguém tem notícias de nossa anfitriã?
 
mas é claro que não! isso não tem absolutamente nada a ver! não é possível que tenha surgido uma dúvida dessas com coisa tão pouca. ainda que... zezé... houvesse batido todas as do mundo com plena consciência do pinto da chacrete, isso não faz dele um homossexual. ele é no máximo o S do gls. ah, mas sabe mais o que acho? [já que foi dado o espaço] que ele é gay há muito tempo e inventou essa história só pra dar uma desculpa... 'oh, o mundo às vezes é cruel com os desavisados'.
 
resumindo: já é só pela dúvida! homem que é homem não tem dúvidas, ainda mais um adulto. e se não for, meu caro, é só uma questão de tempo...
 
opa, peraí que minha opinião foi deveras confusa! quando ele batia não sabia que homenageava um homem, certo? certo. isso não faz dele gay. ainda que ele soubesse que era pra um homem, continuo achando que ele não era gay, porque a gente pensa cada coisa nesses momentos, hein... MAAAAAAS pelo fato dele sentir dúvida com coisa tão pequena [opa] mesmo depois de tão velhinho pra esse tipo de coisa, aí sim, aí sim que digo que o zezé é!
 
Procura-se Pryscila, desaparecida deste blog hà alguns dias.
Quem encontrar, favor entrar em contato conosco.
Gratifica-se bem.
 
Resolvi aparecer.....nossa vc tb estava sumida...rs...
 
A última vez que vi a dona desse blog, ela estava no centro da cidade. Ela montou um novo negócio lá:
Atende ao público e cobra taxa simbólica para ouvir os seus problemas. O grande lance é que ela promete a resposta (ou ajuda) em 1 semana; vem aqui no blog, coloca os problemas que ela recolheu e espera que nós, (os experts) lhe devolvamos a resposta (Vide o caso do Zezé). Já já ela tá pintando por aí com uma pilha "assim" de problemas alheios pra gente palpitar à vontade.
eheh
 
huahuahuahuahuahua!!!!!!!!!
estou voltando...
bjs
 
Antonio manda:
Não ia palpitar nisso aqui, mas pensei melhor: o cara É gay mesmo. Como se revelar diante de uma mulher tão (mas tão) talentosa/gostosa como a Pryscila e continuar gay? Não dá pra acreditar.
 
Pryscila, tenho uma sugestão melhor... propicie a este rapaz uma noite de luxúria e sacanagem e tire a dúvida dele... se ele der menos de 10 (que é o que no mínimo vc merece) ele é GAY !
 
Postar um comentário

Links desta introdução:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?