Pryscilink
Arquivos

 

 

 

27.3.06

 

Pau e circo para o povo!

Nenhum tipo de humor que se pratique chega aos pés da palhaçada que tem acontecido no congresso. Infelizmente a charge política passou a ser um retrato, uma mera ilustração da realidade já absurda e não mais um outro ponto de vista surpreendente do artista. Isso é que não tem graça nenhuma.
Dizer que humoristas concorrem profissionalmente com políticos os elevaria ao patamar das profissões honestas, o que definitivamente não merecem (os políticos!). Mas não há como negar que deputados são mestres do humor negro. Afinal, quem mais pisotearia a lei e a nação a passos ensaiados do samba-da-crioula-doida no plenário da Câmara? A rápida micareta da DePUTAda Ângela Guadagnin encarnou a ridicularia e falta de senso que acomete o governo. Depois disso, como diria a poeta Pit: "Quer saber? Ca-guei!". Ca-guei mesmo.
Agora só creio no "pão e circo para o povo". Aliás: "pau e circo" porque as migalhas de pão do programa Fome Zero (que não saiu do zero mesmo) de nada adiantaram para o Zé-povo que continuou levando só paulada (paululada, eu diria). O problema do pão para o povo não foi resolvido mas pelo menos temos programação de circo garantida para 2006: escolha entre eleições presidenciais ou cenas da Câmara
a qualquer momento.

Para desviar totalmente do assuntinho pegajoso, vou contribuir com uma atração circense e republicar um texto da revista Bundas, que infelizmente não "deu certo" e foi extinta em 2001. Naquela época o nosso lema era "melhor publicar a cara na Bundas do que a bunda na Caras". Nesta edição, várias mulheres responderam sobre o que fariam se tivessem um órgão sexual masculino por 24 horas. Logo abaixo da capa da revista, minha resposta circense. Pau e circo para o povo!



AGENDA DE UMA MULHER QUE ACORDA COM UM PÊNIS (EPA!!!) NO LUGAR DE UMA VULVA (EPA!!!)

9h - Acordar surpreendida: - Nossa! No meio das minhas pernas meu próprio pênis?!
9:01h - Tratar de acordar de pau duro.
10h - Mijar (porque homem "mija" e não "faz xixi") fazendo questão de deixar aquelas gotículas respingadas por todo o vaso sanitário para horrorizar a próxima mulher que entrar no banheiro.
11h - Desvirginar algumas donzelas.
12h - Campeonato de mijo à distância.
13h - Uma boa coçada no saco.
14h - Ficar de pau duro numa praia de nudismo.
15h - Transar com e sem camisinha para descobrir a grande diferença.
19h - Pedir para alguém dar um chute no "meu" saco para saber se dói mais do que cólica menstrual.
22h - Dar uma broxadinha só para ouvir a tão repudiada frase: "- Isso acontece, querido..."
* Acordar no dia seguinte dizendo: - Oh! Alguma coisa entre minhas pernas! Graças a Deus! É meu absorvente!
Texto de Pryscila Vieira -
www.pryscila.com.br
Capa da revista Bundas - número 43, ano 2001.

pryvieira@yahoo.com.br


Comments:
Nem conseguirias! Teu negócio é humor, o deles é sacanagem da mais tosca e apelativa. Não compares teu trabalho honesto (é honesto, não é?) com a patuscada parlamentar. Agora, após meu ataque de risos, quero saber o que eu deveria fazer se me acometesse o oposto.
 
Quanto à dança da pizza...
Pessoal, calma! Também não é assim! Pra tudo tem uma explicação! Um copeiro que trabalha para o Congresso estava servindo alguns cafezes (plural de café) no local e momento que a de putada Ângela se debatia em frente à bancada. Pra explicar melhor, esse copeiro é irmão da esposa do amigo da vizinha do meu tio (que se comunica pela internet com a amante virtual dele, aqui de SP), entendem? E essa, por sua vez, espalhou essa notícia. Vejam só o que houve realmente:
Ao servir café a um deputado que conversava com a Despeitada Ângela, ele a ouviu sussurrando no ouvido desse, a seguinte frase:

"Amigo, me ajude! Não sei mais o que fazer!!! Desde a semana passada um pênis apareceu no lugar da minha vagina!!! E está coçando demais!!!".

Nisso, a depintada Ângela foi convocada pela bancada e teve que se levantar. Como toda mulher que se preza, não quis coçar o saco na frente de todo mundo, partindo então para um paliativo, o qual, infelizmente foi flagrado pelas câmeras de TV.
Portanto, tenham dó da infeliz!
 
Claro que temos dó da infeliz, não teremos é da parteira que a trouxe ao mundo.
 
É, Pryscilinha... A realidade anda cada vez mais onírica. Roberta close agora oficialmente é mulher. Lula oficialmente é um estadista. Não registrei quem é o autor dessa frase:"Há momentos na história em que o lugar de um homem de bem é na cadeia".Tenho certeza que seus preclaros leitores acusarão a autoria. Beijos.
 
Pryscila voce nao deixou mais nada a dizer. Voce sacramentou! E agora me sinto um inutil, pois, nao tenho nada a dizer. Oh dia, Oh azar (já ouvi isso), entao, saida pela esquerda (como dizia o Leao da montanha)......parabens!
Este ano vou radicalizar: Vou de Severino Araujo pro Parana, E Garotinho pra Presidencia, voces vao ver o que é cagar mesmo.
 
Ei Pri,
vamos juntar os cartunistas dessa cidade e organizar uma exposição com o tema: Biodiversidade.. já mandei msgs para o Solda, Sampaio, Edu, Benett etc..

q q tu acha.. fico no aguardo
abs,
Laqua
 
Pelo seu tamanho, Pryscilowska, você iria ter um pinto da sua altura.
He! He! He!
 
Postar um comentário

Links desta introdução:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?