Pryscilink
Arquivos

 

 

 

22.3.06

 

Mulheres ao mar!

Recebi do Hemetério (fiel comentarista do blog) um conto erótico do livro Delta de Vênus (Anais Nin) que lá pelas tantas versa sobre a relação de uma mulher inflável com marinheiros. A autora conta que mesmo sendo de borracha, inocente, de índole flexível e generosa, a tal boneca acabou transmitindo sífilis para toda a tripulação. O Ministério da Saúde já advertiu que ?lavou tá novo?. Marujo que não acreditar na máxima do Ministério acaba contraindo sífilis porque nem bonecas infláveis são sexualmente confiáveis hoje em dia.
Bem, vejo que a relação entre mulheres infláveis e marinheiros é fartamente explorada visto que até eu tenho uma versão sobre o assunto.



Comments:
A relação clássica dos marinheiros era com um barril. Mulher inflável é coisa da modernidade. E também com seus próprios pares. Tem uma história que me esqueci cuja conclusão diz "mas navio não tem pneu..."
 
E as bananeiras?
 
Boa idéia, caro Rafael! Que tal uma estorinha de náufragos, cara Pryscila, para ver como os dois se viram sem tem mais ninguém a quem recorrer, senão um ao outro?
 
Pryscila, obrigado pelo carinho, e por topar a brincadeira. Besos, H.
 
Oi
Coloquei uma pequena matéria sobre seu trabalho no blog da CQB.
Visite
http://cqp02.blogspot.com/
 
Disse e repito esta Amely é comPENETRADA em tudo....como ela é atenciosa....parece aquele slogan da WALITA "faz tudo com carinho".
Parabens pra vc ja é chover no molhado, no mar, num lago, numa poça......................
 
Esse namorado da Amely me lembra o Arnaldo Jabor. Alguém concorda?
 
Antonio escreve: mesmo a Amely sendo uma graça, muito bem criada, elaborada, desenhada, (ai que saco, mais elogios! tá monótono) eu ainda prefiro uma mulher de verdade, com tudo que tenho direito, pode vir com tpm, dor de cabeça, estresse e sei lá o que mais que aguento e muito. De mulher inflável tô fora. De mulher de verdade tô dentro. Beijos.
 
Concordo, parece o Jabor, só que menos chato.
 
Levar uma mulher inflável em um cruzeiro marítimo é mesmo coisa de homem prevenido, puts! Você sabe que homem prevenido vale por dois? Vai que ele passa sífilis para ele mesmo!!!rsrsrsr Como sempre a Amely arrebenta!!! Quer dizer é lavavel não arrebenta as tiras, não deforma...rsrsrs beijos de mim
 
parabens pelo trabalho. Vim pelo blog do Hemetério. Gostei da boneca.
 
Amely? Num cruzeiro marítimo!? Já tá gastando dinheiro de campanha nessas presepadas?.. tsc...tsc...tsc...
 
Uma súbita dúvida, Amely é de matéria-prima virgem ou reciclada?
 
Postar um comentário

Links desta introdução:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?