Pryscilink
Arquivos

 

 

 

29.3.06

 

313 anos de Curitiba.

Curitiba, a "cidade sorriso", completa 313 anos.


Comments:
"Curitiba se fosse como tu
Tirava a mão do bolso.."

Bem, Feliz aniversário a essa senhora de 313 anos.

Abraço Pryscila
 
Muuuuuuuuuuuuuuuuitos séculos de vida! Que Lady Pryscila VIII faça uma galeria com as homenagens de suas ancestrais, mostrando como sua antepassada iniciou a fortuna da família, com cartuns de humor tão fino e contundente.
 
Niteroi também é conhecida como cidade sorriso. Alguém está plagiando alguém.
 
Como vc retratou com profundidade esses sorrisos estampados no rosto dos curitibanos...igualzinho...a gentileza tb nao ficou atrás...parabens.
 
Nossa! Isso já não é crítica, é contra-propaganda!
 
Antonio disse: Curitiba, grande Curitiba, não conheço, mas só de produzir a Pryscila já se mostra pra mim, grande. rsss

Um beijo parabenizante, Curitiba!

Antonio
 
Apesar de adorar Curitiba, realmente noto que o pessoal até se enturmar ficam bem "arredios". Mas é incontestável que é um povo educado, as mulheres lindas e a cidade limpinha. (Vejam bem, faz um tempinho que eu não visito Curitiba heim...) êta saudade dessa terrinha. Abraços e parabéns pela charge.
 
Soube de uma concidadão tua, Pryscila, que leva às últimas conseqüências o fator "ecologia", ela guarda as sacolinhas do supermercado e reutiliza para as compras seguintes o máximo que pode. Não me pergunte o nome, a nota foi rápida e rasteira, mas gostei de saber que alguém percebeu o tipo de encrenca que é a cultura dos descartáveis. Uso um copinho de poliestireno por no mínimo cinco dias seguidos, até este não agüentar mais.
 
genial esse cartum, dá um toque aos curitibanos, e deixa uma mensagem bem humorada
 
pode linkar?
 
Como você pode captar tão bem um clima?? Me senti mesmo em Curitiba, afff!!! beijos de mim
 
Rir do que?
 
Sim, sim! Tudo está genuinamente cinza e melancólico. Retrato fiel de uma curitibana roots, como eu.
O tom barroco, bucólico, quase propositalmente triste. A vista cerrada e a disposição p/ cumprimentar outras pessoas é apática e crua.
Mas há um erro crasso no contexto da charge, Pryscilíssima... as duas pessoas c/ guarda-chuva NÃO estão sob as marquises.

ps.: a textura daquela maldição p/ saltos ("petí pavê") consumou brilhantemente a excelência do enredo desta ilustração, Pryscila.
 
Postar um comentário

Links desta introdução:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?