Pryscilink
Arquivos

 

 

 

15.2.06

 

Rapidinha

Maomé não vai pular carnaval neste ano. A Associação das Bandas Carnaval do RJ orienta para que a marchinha "Cabeleira do Zezé" não seja executada nos bailes de carnaval.
Além de citar Maomé a letra ainda faz alusão ao homossexualismo, tema tabu no islã.
A Cabeleira do Zezé foi criada na década de 60 por João Roberto Kelly e até hoje nenhum muçulmano reclamou.
"Olha a cabeleira do Zezé
Será que ele é ? Será que ele é?
Será que ele é bossa nova?
Será que ele é Maomé?
Parece que é transviado ,
Mas isso eu não sei se ele é".

Comments:
Eu sempre pensei que fosse será que ele é salomé, aquela putinha que aceitava passe e vale refeição nas arábias....
 
não tinha algo sobre bossa nova nessa letra?
enfim, em relação ao efeito do álcool sobre o reino da matéria, concordo veementemente e gostaria de introduzir o siguinte: os bêbados são como crianças, incapazes de mentir...

teu blog ta bão!

bju
 
Onde voce fui buscar isso?....no fundo do baú...bingo!
 
nossa, esse lance da caricatura do maomé é de doer ein ? sei lá coisa de quem não tem o que fazer hehehe

mas e ae pry, tudo certo ?

bjoks
 
A mente humana é capaz de proezas extraordinárias quando pensa, e de estupidez extraordinárias quando pára de pensar.
 
De fato o carnaval será triste sem a cabeleira do Zezé...
 
Não podemos deixar que tosem a cabeleira do Zezé. Nunca!
Devemos fazer como nos velhos tempos do AI-5, quando artistas eram forçados a mudar letras, frases, imagens, que fossem consideradas subversivas. A maioria deles acatava as ordens mas
tentavam manter a filosofia da obra, situação essa que acabava por criar, muitas vezes, uma certa linguagem artística encriptada. Tenho 2 sugestões para que o mundo não acabe devido a falta de humor de alguns.
Seguem:


1ª sugestão: Mudamos o "sujeito" em questão e adequamos a rima

Olha a cabeleira da Zazá
Será que ela ?
Será que ela ?
Mole!
Será que ela é bossa nova?
Será que ela é Oxalá?
Parece que é transviada ,
Mas isso eu não sei se ela é".



2ª sugestão: NÂO mudamos o sujeito em questão mas mudamos a rima

Olha a cabeleira do Zezé
Será que ele é ?
Será que ele é?
Será que ele é bossa nova?
Será que ele é São Tomé?
Parece que é transviado ,
Mas isso eu não sei se ele é".

Se for pra arder alguma coisa, que arda aqui mesmo, entre nós, afinal, roupa suja se lava em casa.
 
banido:::: Estou escaldado com com comentários..........rsrsrsrs
Suas idéias são muito boas, de verdade. Mas, que esta frase no final "se for pra arder alguma coisa, que arda aqui mesmo", necessita de uma explicação detalhada sua, pois, sua reputação esta em jogo....brincadeirinha.....rsrs....Abraços.
 
Pryscila:
Sua mente desafia qualquer possibilidade de análise lógica.
Nem Mário Negrão sabe o que fazer.
Maria Rafart já sabe disso?
 
Postar um comentário

Links desta introdução:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?