Pryscilink
Arquivos

 

 

 

27.4.13

 
O Facebook fez meia coisa legal (no sentido jurídico mesmo). Retirou do ar o tal vídeo da mulher sendo decapitada, embora o tenha deixado no ar durante dias, sob alegação de que aquelas cenas "não violavam os padrões de comunidade do Facebook" (vide postagem anterior). Segundo nota extraída do site G1, o Facebook respondeu o seguinte:

"Analisamos o vídeo denunciado. Como ele viola nossos Padrões de comunidade em violência gráfica, incluindo sinais de danos a alguém ou a algo, ameaçadas à segurança pública ou roubo e vandalismo, foi removido."

Violência "gráfica"... foi no que o Face se fundamentou para retirá-lo do ar.
Essa deve ter sido a maior demonstração da tirania que foi capaz uma rede "social" até o momento, fazendo com que usuários compactuassem à força com um homicídio, embora uma meia dúzia diga que vídeo é fake. Entendidos discordam.
Bem, dou uma colher de chá ao doente Facebook e digo ao povo que fico... sim, porque estava disposta a cometer Facebookcídio em nome de valores pessoais. Sei que para eles um usuário a mais, outro a menos, não faz a menor diferença. Mas faria diferença para mim, pois paz de espírito não tem preço.



Comments: Postar um comentário

Links desta introdução:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?