Pryscilink
Arquivos

 

 

 

19.9.08

 
A Amely trabalha no maior site de venda de produtos eróticos do país (www.sextoy.com.br) que tem mais de quatro mil ítens à disposição de consumidores sexualmente exigentes. E em breve alguns produtos da boneca mais metidinha do planeta estarão à venda no site. Entre estes, não poderia faltar um vibrador.
Abaixo, o texto de introdução (no bom sentido) ao mundo dos vibradores, que estará na embalagem do novo toy da Amely.
*E antes que perguntem, já adianto que o conteúdo do texto abaixo é historicamente autêntico. "Dizem que o homem foi criado porque vibrador não corta grama. Mas e o vibrador, por que foi criado?
A primeira engenhoca vibratória de que se tem notícia, foi idealizada com fins médicos em meados do século XIX. Era um massageador a vapor, que tinha como função poupar as mãos dos médicos com intuito de curar distúrbios de irritabilidade, ansiedade e histeria das suas pacientes. Isso sim é medicina: Você vai ao médico para reclamar de stress e sai do consultório com uma receita de onanismo e não de Prozac.
Em 1880, o Doutor britânico Dr. Joseph Mortimer Granville, inventou o vibrador eletromecânico (quase uma década antes do aspirador de pó e do ferro elétrico). Com a liberação sexual da década de 60, os vibradores ganham impulsos elétricos. E logo em seguida, passaram a funcionar com baterias e tornaram-se portáteis.
Hoje em dia existem vibradores das mais variadas categorias. Alguns são iguaizinhos a um pênis que provavelmente você nunca verá ao vivo: são fisicamente avantajados, eternamente rijos, não engravidam nem transmitem DSTs e não respingam urina ao redor do vaso sanitário. Outros incorporam as mais variadas formas: de patinhos de borracha até extraterrestres que brilham no escuro.
Mas a função terapêutica continua a mesma: tratar o stress, a histeria e os distúrbios de ansiedade da mulher. E, por que não, do homem também?! Adoente-se imediatamente e considere o Good Vibrations da Amely um santo remédio contra os males que você quiser."

Comments:
Olá, Pryscila!
Sou repórter, estou fazendo uma matéria sobre tirinhas e gostaria de entrevistar você sobre o assunto. Não achei contato seu no site. Como posso fazer para falar contigo?
Muito Obrigada
Sabrina Coelho 9642-9824
binacoelho@hotmail.com
 
olá sabrina!
já respondi no teu email.
bj!
 
Postar um comentário

Links desta introdução:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?