Pryscilink
Arquivos

 

 

 

30.9.08

 

22.9.08

 

Papo de Homem

A revista Papo de Homem teve mais uma colaboradora na semana que passou: a Pryscila, cartunista metida a escritora de bobagens que vos fala. Garimpando na internet, achei esta jóia que reflete a alma masculina: a revista papodehomem.com.br. Resolvi dar pitaco por lá. Comentei uma postagem que versava sobre blogueiras gostosas. Disse que não era tão gostosa quanto as beldades apresentadas, dignas das páginas da revista Playboy (além de excelentes autoras), mas que mesmo assim meu texto era limpinho. Obtive pronta resposta do criador, editor-chefe e mais gato do Papo de Homem, o Guilherme Valadares.
O site é um achado. Homens antenados e sem papas na língua dizem o que acham sobre qualquer assunto com espetacular desenvoltura, sinceridade e muito bom humor. Destaque para um dos colunistas: o Dr. Love, que responde alguns leitores que muitas das vezes são cornos mansos, sifilíticos desesperados, descabaçadores de mulheres de 50 anos ou até anões tarados por cabras. Ele não divulga a foto no site e descreve-se como "Consultor amoroso e cachorrão nas horas vagas"... Vejam os impiedosos e impagáveis conselhos do Dr. Love no:
http://papodehomem.com.br/author/dr-love/

E, como bons cavalheiros que são, os homens do Papo cedem espaço também para que mulheres publiquem seus anseios numa coluna intitulada Ladies Room.
O papo é de homem, mas mulher fala pelos poros e cotovelos. Portanto, já aderi ao movimento!

*Quem quiser conferir meu texto deve acessar:
http://papodehomem.com.br/o-ponto-g-non-ecsiste/

19.9.08

 
A Amely trabalha no maior site de venda de produtos eróticos do país (www.sextoy.com.br) que tem mais de quatro mil ítens à disposição de consumidores sexualmente exigentes. E em breve alguns produtos da boneca mais metidinha do planeta estarão à venda no site. Entre estes, não poderia faltar um vibrador.
Abaixo, o texto de introdução (no bom sentido) ao mundo dos vibradores, que estará na embalagem do novo toy da Amely.
*E antes que perguntem, já adianto que o conteúdo do texto abaixo é historicamente autêntico. "Dizem que o homem foi criado porque vibrador não corta grama. Mas e o vibrador, por que foi criado?
A primeira engenhoca vibratória de que se tem notícia, foi idealizada com fins médicos em meados do século XIX. Era um massageador a vapor, que tinha como função poupar as mãos dos médicos com intuito de curar distúrbios de irritabilidade, ansiedade e histeria das suas pacientes. Isso sim é medicina: Você vai ao médico para reclamar de stress e sai do consultório com uma receita de onanismo e não de Prozac.
Em 1880, o Doutor britânico Dr. Joseph Mortimer Granville, inventou o vibrador eletromecânico (quase uma década antes do aspirador de pó e do ferro elétrico). Com a liberação sexual da década de 60, os vibradores ganham impulsos elétricos. E logo em seguida, passaram a funcionar com baterias e tornaram-se portáteis.
Hoje em dia existem vibradores das mais variadas categorias. Alguns são iguaizinhos a um pênis que provavelmente você nunca verá ao vivo: são fisicamente avantajados, eternamente rijos, não engravidam nem transmitem DSTs e não respingam urina ao redor do vaso sanitário. Outros incorporam as mais variadas formas: de patinhos de borracha até extraterrestres que brilham no escuro.
Mas a função terapêutica continua a mesma: tratar o stress, a histeria e os distúrbios de ansiedade da mulher. E, por que não, do homem também?! Adoente-se imediatamente e considere o Good Vibrations da Amely um santo remédio contra os males que você quiser."

16.9.08

 

13.9.08

 

12.9.08

 

Quero ser a mão do povo desenhando.


"O desenho é uma viagem além de qualquer outra possibilidade. É o seguinte: é mágico! De cara você já é especial porque desenha, faz uma coisa mágica. E esse ato mágico de desenhar, dá uma distância com as pessoas."

Frases do mágico Henfil, que nos deixou há 20 anos. Henfil padeceu de hemofilia, palavra que separada segundo os radicais gregos, soma "amizade" e "sangue", que acabaram por se tornar títulos de muitos capítulos da vida desse herói. Além da militância política, do engajamento, da solidariedade, Henfil encanta também pela leveza existencial que teve. A convivência com a dor constante não era o suficiente para o impedir de fazer humor. A eminência da morte, como que viver com uma espada pendurada por um fio sobre a cabeça, o tornava mais vivaz. Herói que foi, nada mais natural que seja homenageado. No vigésimo ano de sua falta são lançados peça teatral, livros e filme.

Esta semana fui assistir a peça Henfil Já (em cartaz no TUC, Curitiba - companhia Cambutadefedapada). Baseada as cartas que Henfil escrevia para sua mãe quando estava em tratamento nos EUA, a encenação também incorpora o humor refinado e engajado das tiras e charges.

O livro Henfil: o humor subversivo, compilado pelo cartunista Nico, será lançado no dia 17 de setembro na livraria Al-Fárábi (Rua do Rosário, 30/32, Centro - RJ - Tel.: 2233-0879). Charges marcantes de Henfil ilustram o texto, construído a partir de depoimentos colhidos de amigos, políticos e parentes do artista. Além de consultas ao seu acervo, Nico analisou entrevistas concedidas por Henfil à imprensa.

Outro livro, o Urubu, ganhou neste ano um prêmio no HQmix - premiação mais importante da categoria no país. Urubu é, como o autor, um flamenguista doente. No livro, há apenas uma faceta do gênio - charges de futebol publicadas no Jornal dos Sports e na revista Placar. É um recorte, apenas, que não dá a dimensão do todo. Ali, o Henfil político, por exemplo, mais se insinua do que se manifesta verdadeiramente. Pode não ser o Henfil mais brilhante, mas provavelmente o leitor encontrará sua versão mais divertida.

Lançado também o premiadíssimo documentário Três irmãos de sangue, que conta a trajetória dos irmãos Henfil, Chico Mário e Betinho. Este último, fundador da campanha contra a fome no país, foi indicado em 1994 ao Prêmio Nobel da Paz. Chico Mário, compositor de canções contra a tortura e pioneiro da música independente no país. Henfil, é nosso mestre, papa e ídolo da cartunalha, criador da expressão "Diretas Já", dizia "quero ser a mão do povo desenhando".

Henfil morreu no dia 04 de janeiro de 1988 por ter adquirido o vírus da AIDS em transfusões de sangue, assim como seus irmãos Betinho e Chico Mário.

Postado por Pryscila Vieira.
pryvieira@yahoo.com.br

 

Quem chegar por último é a Mula do Padre!

foto de Anderson Tozato, meu amigo.
Os padres paranaenses estão me orgulhando. Um deles saiu voando em balões de festa infantil e nunca mais retornou. Outro padre, convenientemente batizado com a graça de Gabriel Figura, quer levar uma mula para as procissões. As carolas protestam fervorosamente contra. O padre justifica:
- Entra pecador, corrupto e até ladrão na igreja! Por que a mula não pode entrar?! Não entendo!
Padres humoristas... Estou começando a simpatizar com a igreja católica.

Postado por Pryscila Vieira - ovelha negra que acredita em Deus, desde que Deus acredite nela.
pryvieira@yahoo.com.br

11.9.08

 

 

8.9.08

 
A frase que conclui o roteiro desta tirinha é uma das muitas pérolas de Maria Rafart. Psicóloga, escritora, advogada, mãe, comentarista e âncora do Programa 91 Minutos da Rádio 91 Rock & News (diariamente das 7 às 9 na 91,3 FM Curitiba), comentarista na Rádio Globo AM (2as. e 6as. às 11:15h) e minha amiga - se é que isto faz parte do currículo de alguém. http://www.falecommaria.com.br/

3.9.08

 

2.9.08

 
Cartunistas e humoristas sempre andam por aí dividindo copos e risadas. E desta relação entre a fauna humorística nasceu uma exposição. A Cartunalha, grupo de cartunistas canalhas da melhor qualidade, caricaturou personagens do humorista Fábio Silvestre, querido amigo em comum. Tais caricaturas podem ser apreciadas no bar Era só o que faltava, em Curitiba, a partir da noite de hoje. Eu, Solda, Paixão, Marco Jacobsen, Tiago Rechia, Benett e Natan formam o grupo de risco que caricaturou o humorista.
O Fábio Silvestre apresenta-se todos os domingos no Domingão do Faustão e também toda terça-feira no Era só o que faltava num show produzido por ele - Café Comédia - onde recebe outros comediantes de todo país.
Abaixo, um vídeo com uma apresentação de Déverçon Slate no Domingo Legal.


http://www.fabiosilvestre.com.br/

1.9.08

 

This page is powered by Blogger. Isn't yours?